sexta-feira, 16 de junho de 2017

Turbinando a renda com "bicos" e super aportes!



Olá camaradas, estive ausente por um tempo, mas não deixei de acompanhar o reduto de alguns amigos. O que aconteceu é que estive empenhado em trabalho e mais trabalho, com um só objetivo que todos sabem – aumentar o aporte.


Como escrevi anteriormente, estou sem disposição para continuar a estudar para concursos, especificamente o cargo que almejo, sei que estou indo com a manada, já que esse é o momento de se preparar mais e mais e quando estourar o edital estaria anos luz adiantado dos outros candidatos. Porém vai explicar essa regra para meu cérebro. Isso demanda tempo, dedicação e quebrar a cara.


Faço um paralelo com o investimento em ações. No final de 2011 e início de 2012 tive meu primeiro contato com a bolsa de valores. Estava totalmente vislumbrado com a possibilidade de ganhar dinheiro com o mercado. Não fugi da regra, confesso, fui como todo bom mediano sem experiência vai, ou seja, queria viver de “trade”. O tempo me revelou que esse estilo de vida não era para qualquer um e o mesmo foi muito bom e paciente com esse jovem ambicioso, pois apesar de ter me metido em inúmeras operações sem pé e cabeça e girado muito capital chegando ao ponto de receber e-mail oferecendo pacote de corretagem (kkkk) eu não fiz prejuízo. Aliás, se bobear sai com uma pequena margem de lucro, imagino que uns R$200,00. Logo após saquei o dinheiro para comprar o lote onde construí minha casa, que na época estava quase de graça se comparado ao mercado.


Por que falei isso, para fazer menção a minha irregularidade nos estudos para concurso, assim como no mercado de ações acabei me lascando e vi que não era simplesmente abrir uma conta na corretora e ficar o dia todo mandando ordens ao “home broker”, no concurso também não é fácil, pois não há possibilidade de passar sem um estudo continuo e eficiente, ainda mais nesses tempos de crise.


Alternativa


Sabedor dessa situação o colega aqui não podia simplesmente chegar em casa depois do serviço e coçar o saco, ou ficar igual um idiota na academia, mais tempo que o necessário.


Sendo assim estou pegando pesado nos bicos que faço e nos plantões que tiro para os colegas da repartição. Isso tem me desgastado bastante, contudo está fazendo a minha média de aportes superar a anual já nesse mês. Ou seja, estou ganhando e muito no tempo.


Estou fazendo uma parceria com um amigo de faculdade também, ele advoga sozinho em algumas áreas como cível, trabalhista e consumidor. Não entende muito de criminal, que foi a minha matéria escolhida para o exame da OAB, o qual passei de primeira, ou seja, tudo que esta aportando no escritório que tem haver com essa área ele me chama e eu faço as peças de acordo com o caso e ele me paga honorários por isso.





Até que enfim estou usando o meu curso para alguma coisa, já que quando entrei para o serviço público o meu cargo exigia apenas o ensino médio, e hoje o superior para os novos aprovados.


Nesse ritmo esse mês consegui chegar à meta anual de aporte, ou seja, 24k já que a expectativa eram 2k ao mês. Com isso dei uma boa alavancada na renda.


Ainda nem contei com a venda do carro que também já esta devidamente aportada e dessa forma esse mês ultrapassei com tranquilidade a barreira dos 60k que em dezembro quando tinha apenas 15k era algo praticamente impossível de ser atingido em tão pouco tempo.


Sem hipocrisia ultrapassar os 60k não me deixou tão empolgado quanto eu imaginei que ficaria, acredito que seja pelo fato da venda do automóvel ter alavancado de vez essa bola de neve. Mas estou bastante entusiasmado já que agora a previsão em dezembro é de 80k e antes eram de 46k. Mas se continuar a aparecer serviço e o aporte se manter nos 5k mensais espero praticamente bater os 100k ainda este ano.


O conselho não muda pessoal, é como nossos pais falavam se não quer estudar vai trabalhar e é isso que estou fazendo agora, até porque se estivesse no cargo que almejo os aportes seriam na proporção que estou hoje, e quando sair o concurso interno referente ao curso que eu fiz e se passar conseguirei aportar uns 1,5k a mais também. Bora trabalhar.





segunda-feira, 5 de junho de 2017

Vendi meu carro, será que invisto?



Olá nobres companheiros. Acredito que já deixei bem claro nesse ambiente em que vos escrevo que sou meio adepto a “catiras” (para quem não sabe o significado ai vai):


Fazer troca. Expressão usada em algumas cidades do sudeste”
    

Pois bem, todos sabem que eu possuía um Siena, como já deixei expresso em alguns posts dos veículos que já possuí Link da postagem aqui. O carro é uma maravilha, apesar de ser 1.0 ele era completo e muito novo tanto por dentro quanto por fora.


Acontece que eu tenho uma veia muito forte para negócios e quando vislumbro uma oportunidade normalmente não a deixo escapar. Comprei esse veículo há pouco mais de um ano e todo o tempo que fiquei com ele não tive muitos gastos, tirando a batida que sofreu Link da batida. Dessa forma essa semana recebi uma proposta de um amigo que se interessou pelo veículo mesmo sem estar à venda. Ele me perguntou se eu aceitaria uma proposta e imediatamente fiz que sim, pois oportunidades vão e demoram voltar. Ele me ofereceu pagar o mesmo valor que eu tinha pagado há um ano.


Como não sou bobo, aceitei de imediato, já que não fiz nenhuma benfeitoria no carro (pelo contrário ele foi batido e arrumado) decidi aceitar. Pensando que estamos passando por um momento difícil e achar uma proposta que em tese você não perdeu dinheiro, a não ser pela inflação, é uma ótima oportunidade.


Dessa forma fechamos negócio e o dinheiro já está em minha conta. Ai que está o pulo do gato. Não sei se conseguirei ficar sem carro sob o argumento de usar o dinheiro para dar um “plus” nos investimentos.




Acontece que na casa em que moro atualmente (meus pais) tem dois automóveis e minha motocicleta, assim, sempre que quiser sair de carro terá um disponível e no dia que não tiver ainda tenho minha moto.


A garota com que estou saindo mais firme – 6 meses – tem carro e estou passando a maioria dos finais de semana na casa dela, que só tem garagem para um veículo, ou seja, não vou lá de carro nunca. Quando vou é de moto e sempre saímos no carro dela, pois eu bebo e ela dirige.


Estou tentado a não comprar veículo por um bom tempo, a venda totalizou 20k, e somado ao meu patrimônio e a expectativa de aporte no final do ano exatamente em dezembro eu teria um pouco mais que 70k. Levando em consideração que comecei em dezembro do ano passado é um belo progresso.


De qualquer forma independentemente da minha decisão eu deixei o dinheiro em um CDB liquidez diária para deixar rendendo e se surgir oportunidades eu posso resgatar e usá-lo.


Apareceu um terreno para eu comprar também, é um pedaço de lote de um vizinho que totaliza 200 m², terá apenas contrato de compra e venda já que a escritura está em nome dele e não há possibilidade de fracionar, legalmente falando. Em relação a demandas judiciais posteriores isso é tranquilo, não há chances. O problema maior é vender posteriormente para alguém que aceite ser nessas condições, sendo assim vislumbro como investimento a construção de barracos de aluguel, contudo iria atrapalhar meus aportes e a força meteórica da bola de neve financeira. Ele quer no terreno R$20.000,00. Estou estudando ainda!



De qualquer maneira meus caros é isso ai, não sei  se meu orgulho vai deixar eu ficar por muito tempo sem carro, mesmo sabendo que há alguns a minha disposição, no entanto, vou fazer um teste e ver se consigo adaptar.


quarta-feira, 31 de maio de 2017

Patrimônio Financeiro Maio/17: R$ 33.915,00 ou + R$ 5.161,00 ou (+ 17,94%)






Vamos para mais um ótimo fechamento de mês em diversos aspectos como, aportes, rentabilidade, mulheres, trabalho, só alegria. Acredito que parte das coisas estarem dando certo é o motivo do pensamento positivo, pois sempre procuro ver o lado bom da coisa e dessa forma você só enxerga oportunidades e consegue se sobressair ao contrário do pessimista que como tem a visão negativa só cava o buraco mais fundo a cada dia.


Fiz algumas reformas no barraco e ainda estão em andamento. Estou alterando a parte elétrica, pois o chuveiro sempre ficava caindo no meio do banho e as garotas  não gostam nem um pouco disso (podem apostar). E quero ver todas elas felizes quando estão comigo já que assim elas me fazem feliz (se é que me entendem, kkkk).



Aportes:



O mês teve vários “bicos” assim consegui dar uma guinada no aporte, fico imaginando essa força ao longo do tempo com uma rentabilidade de pelo menos 1% seria uma coisa incrível. 


Aloquei em renda fixa uma pequena parte dos aportes, sempre em liquidez diária, pois vislumbro que a qualquer momento encontrarei uma oportunidade de negócio. É só questão de tempo. 


Pode ser um lote por um preço bem abaixo do mercado, um veículo abaixo da tabela ou até um comércio que eu conheça cujo dono não está tendo capital para dar andamento. Por isso tudo que tenho está em liquidez D+0. 


Aloquei a maior parte em renda variável especificamente em ações. Muito youtubers estão falando da regra dos 80 e acabei que me identifiquei com essa pratica. No que consiste?


Segundo entendi essa regra foi criada com o fim de não expor o investidor a riscos desnecessários de acordo com sua faixa etária. Assim você pega o número 80 e subtrai a sua idade e o resultado é o quanto da sua carteira você alocará na renda variável.


Tomemos-me como exemplo. Possuo 30 anos de idade, assim 80-30=50, ou seja, minha carteira terá que ter uma proporção de 50% em renda variável.


Eu já fazia isso, porém estava na proporção inicial de 30%, pois estava estudando mais os ativos e os fundamentos e também primeiro tive que montar meu colchão de segurança. Agora daqui pra frente irei balancear a carteira até que o pendulo permaneça inerte.      


Sendo assim o aporte foi de R$4.730,00, nada mal.


Minha carteira atual está em:


Renda fixa


- CDB com liquidez diária: R$19.331,00;

- Poupança: R$153,30.


Renda variável


- 100 ações Abve3: R$ 1.879,00
- 100 ações Ciel3  : R$ 2.361,00
- 200 ações Odpv3: R$ 2.480,00
- 111 ações Egie3: R$ 3.719,00
- Corretora            : R$   14,50

Capital alocado a risco


Empréstimo: R$4.000,00


Meu rendimento passivo em renda fixa totalizou o montante de R$331,00. Superior ao mês passado que fechou em R$309,00.







Carteira de mulheres
  


Estou mais fixo com uma na verdade iria passar o mês todo com ela sem sair com nenhuma outra. Acontece que como já contei em um post anterior Aqui, conheci essa loirinha maromba e estou de queixo caído até agora.



Não tem base o tanto que a moça desperta a libido. Tem homens que não gostam de mulher malhada, porém acredito que nunca devem ter pegado uma, só pode. A mina é muito chiq e como falei veio com silicone, ou seja, kit panicat de fábrica para o papai Lawyer.


Não vou ficar divagando muito sobre mulheres, pois começo a ser criticado, ora por dizerem que me gabo demais o que não concordo, pois se aqui é um blog eu falo do cotidiano da minha vida. E como as mulheres e meu desejo incessante estão intrinsecamente ligados nada mais justo que eu comentar.


Outrora dizem que falo mentira (que tédio), só não pega mulher hoje em dia quem não quiser. Já falei cuido do corpo e aparência. Estou no auge dos 30 anos, tenho barraco legal e carro, sei conversar e não tenho um pingo de vergonha na cara para abordar mulheres em qualquer lugar que estiver. Quer mais?





Estudos:


Nada de nada, até queria, mas estou bitolado nas notícias e sei que a falta dele vai me prejudicar no futuro e também vou me arrepender.

                 Blog


Está muito estranho, vinha tendo a frequência de visitas em média de 320 pessoas/dia, mesmo sem postar, e com post novo eram 450/dia. Agora sem postar estou com uns 200/dia e com post no máximo uns 360/dia. Não entendendo.


Outra coisa que me deixou pensativo era que meu blog tinha o trafego de origem em uns 95% de outros blogs e um 5% do Google. Agora quase que inverteu já que são uns 70% Google e uns 30% de outros blogs.


Alguém poderia me dar uma luz do que esteja acontecendo?


AdSense um fracasso 

Mês: $ 1,53.
Acumulado: $ 7,96. 
Total: $9,49.


Ao contrário de muitos o post que mais gosto de fazer é esse do fechamento.



Vlw pessoal.

sábado, 27 de maio de 2017

Sábado de sol com a loirinha maromba




Fala companheiros estou aqui na casa dos meus pais de bobeira esperando uma loirinha que conheci há poucos dias atrás. Enquanto ela se arruma para irmos pegar uma piscininha na minha casa digito essas frases para passar o tempo.


Tenho uma conhecida que é personal em algumas academias, ela é daquelas mulheres marombeiras que disputam campeonatos pequenos ou regionais (não entendo muito). Já marquei de ficar com ela, mas no final das contas não animei muito, primeiro por que ela mora longe e o segundo motivo pelo fato de ela não ser muito bonita de rosto. Apesar do corpo escultural, cabelos lisos e pretos até no glúteo ela tem um rosto digamos que parecido com um equino.


Pois bem, fato é que converso com ela de vez em quando no zap e certo dia ela publicou no status uma foto com 2 bombadões fedorento (kkkk) e uma loirinha delícia e linda. Na hora mandei mensagem para ela perguntando quem era a princesa. Foi ai que ela falou que era aluna da academia. Pedi para ela pedir para loira passar o contato para mim e após longos 5 minutos eu já estava conversando com a loirinha.



Ela tem 21 anos de idade cabelos até nos glúteos também, olhos puxados para um mel claro, aproximadamente 1,60, de altura e o corpo, vou relata abaixo o corpo.



O Corpo



Cintura fininha marcada, braços também finos e levemente definidos. Seios médios e sempre enfeitando um sutião com generoso decote. São naturais segundo ela, assim não espero que sejam tão elevados quando se retirar o sutiã, pois são bem volumosos.


Pernas torneadas e grandes e fica claro a definição de cada músculo, sem brincadeira estilo panicat.


Depois de conversar com ela por um tempo, tem uns 20 dias que a conheci ela confessou que faz uso de algumas coisinhas para ficar com o corpo que está hoje. E eu não estou nem ai por que não quero nada sério mesmo, apenas passar um ou outro dia se divertindo.


Já a vi pessoalmente



Então, claro que não ia pegar ela para sair sem ter certeza de como ela era pessoalmente. Assim um dia que estava de serviço passei próximo a sua casa e resolvi parar para dar um oi. A área que ela mora é uma favelinha, não é perigoso, porém feio pra caralho.


Ela me recebeu com um vestidinho todo florido e mais uma vez um super decote. Eu pirei na hora e quase pulei pra dentro. Só não o fiz, pois estava de serviço.


Também cheguei lá todo social, carro da repartição é novinho e isso ajudou já que rolou um super contraste entre o carro que eu estava e o visual dos barracos pobre ao redor.


Essa rotina que espero quando conseguir ficar na tranquilidade financeira, caso eu não case. Quero ter tempo para aproveitar essas situações.





Gastos



Hoje vou levar ela de cara para almoçar em um local que tem churrasco e é muito bom (sério mesmo) e o melhor pago R$15,00 por pessoa.


Depois passo no mercado e compro umas oito latas de cerveja, mais um pedaço de contra filé e um saco de batatas. Faço uma porção e tudo não deve passar de R$37,00. De gasolina vou gastar aproximadamente R$20,00 e o último gasto não ponho na ponta do lápis, qual seja as camisinhas, espero que sejam muitas kkkkk.


Total da brincadeira de hoje para aproveitar os treinos pesados da mocinha que deve tomar um ciclo maluco que irá fuder o organismo dela mais tarde, será de R$87,00.




Vlw meus chegados!



Estou editando o post agora às 19h15min, acabei de chegar lá de casa e vou relatar como foi.

Peguei a loirinha e levei ela para almoçar. Estava de shortinhho curto com as pernas de centauro totalmente a mostra. Decotão como de sempre.


Hoje fez um certo frio, porém teve sol. Ela aproveitou para dourar alguns pelos do corpo. Quando tirou a roupa e ficou de biquini, PUTA QUE PARIU, era aquilo tudo. De corpo, sem duvida deve ser a melhor que já papei na vida. Barriga retinha e para minha surpresa agradável ela era siliconada. Isso mesmo colocou silicone com 19 anos quando era casada, ou seja, é divorciada. 


Velho na boa a mina tem um corpo de autêntica GP de valor médio pra alto. Fiquei louco e não vou expor o ato né para não parecer blog pornô. Mas estou muito feliz com o investimento que na verdade totalizou R$90,00. Não comprei carne nem batata, somente cerveja. 


Isso ai galera estou de alma lavada depois de ter apreciado um belo dia.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Dez anos passam rápido ou devagar?




Estive hoje divagando sobre os acontecimentos da minha vida na última década, ou melhor, exatamente no ano de 2007. As perspectivas que tinha para aquela época eram totalmente diferentes das que eu possuo hoje.


Retrospecto


Lá estava eu jovem acadêmico de Direito em uma grande universidade interiorana cercado de pessoas novas e hábitos diferentes. Com minha pouca experiência de vida, já naquele tempo pensava em investimentos e negócios, tanto é que foi nesse período que tomei o primeiro grande golpe de R$10.000,00 na minha vida AQUI, acreditando que com essa cifra poderia viver de renda. Quanta ilusão e sonhos carregam um jovem nascido e crescido em um bairro de periferia em um país subdesenvolvido. Confesso que onde eu planejava estar e realmente aonde cheguei é um pouco diferente, contudo não posso reclamar. Muito pelo contrário, pois vários outros estão em situações piores. Talvez por incompetência própria, não sei! Mas sou realizado por ter o pouco que possuo.


Quando analiso meus investimentos e percebo que a tão esperada tranquilidade econômica, ou seja, o momento em que não dependerei tanto do meu trabalho e sim dos meus juros, estão nos próximos dez anos me vem um certo desconforto emocional. Contudo quando olho para traz percebo que este mesmo tempo esteve logo ali na esquina da rua de baixo, esse temor já se vai com mais facilidade é tudo uma questão de perspectiva.


Para o presente


Tento ao máximo não ficar viajando nesses pensamentos e me ater a viver o presente, pois somente este existe. Porém quando paro para pensar nem isso mesmo nos pertence. Vou explicar.


Um dia exatamente no ano de 2007 quando ia tranquilamente descendo a rua de casa em direção ao comércio que possuía, aproveitei o momento para filosofar sobre o tempo e cheguei à conclusão que o presente não existe.


Sabemos que há o passado, isto é, aquilo que vivenciamos e que podemos lembrar que aconteceu, no entanto, já foi e não existe mais.


Podemos ter a percepção que existirá o futuro, mesmo que isso não seja certeza, você sabe que o próximo minuto poderá nascer e assim por diante, como sempre vem acontecendo desde a vontade de Deus Pai.


Agora o presente eu acredito que não existe. Há sim um lapso temporal delimitado por nossa imaginação e para analisá-lo você usa o passado e o pré-futuro (assim que trato o presente).


Para ser mais claro, imaginemos que estamos descendo a rua – como fiz no dia em que cheguei a essa conclusão – cada passo que eu dou é em direção ao futuro e o anterior foi passado, pois o tempo é constante e não para, por isso não posso falar do presente já que não existe método para avaliar está estática. Isso é uma criação da nossa mente.




E hoje


E hoje me peguei pensando nessa teoria que realizei na década passada e ri muito ao saber que eu a aplico em vários momentos da minha vida, curtindo o que eu intitulei de pré-futuro. Interessante notar que mesmo ao passar do tempo o que queremos fixar na mente conseguimos com maestria e o que nos é imposto de forma ditatorial é jogado na lata do lixo.


Espero que eu viva muito bem o pré-futuro e que este seja somente um meio constante e prazeroso para a próxima década que virá.