quinta-feira, 21 de março de 2019

Só eu que sou impaciente com os “novos” investidores?




Ultimamente tenho notado um volume incomum de pessoas que num piscar de mágica se sentiram atraídos pela bolsa e investimentos. 


O motivo suspeito que se deu pelo fato da bolsa ter superado os 100k pontos. Como foi um marco histórico e muito difundido pela mídia, acabou despertando o investidor adormecido dentro do corpo dos meus amigos. 


Não escondo para ninguém que invisto e quero parar de trabalhar aos 40, não tenho essa superstição que algumas pessoas tem de não contar os planos por que se o fizer, não realizarão. Não, nada disso! Meus planos, minhas metas e só quem pode ditar os limites sou eu. 


Nem por um momento imagino que fulano ou ciclano vai mentalizar tanto a minha derrota que não conseguirei alcança-la. Para mim é meio ilógico isso, como que pode uma pessoa só com o poder do querer modificar a vida da outra? Ajuda ai né. 


Pois bem, voltamos ao assunto. Espere, outro adendo que fez inflar o interesse dos amigos foi a Betina Rica, isso nem vou entrar no mérito ou Empiricus.


Outra coisa também não tenho medo de ser descoberto por amigos, pois eles não gostam ou não sabem ler, e mesmo se eu mostrasse o Blog para eles e falasse que era meu eles não iriam ler. Frases que passam de 5 palavras são imediatamente desconsideradas em seus cérebros.


Com essa breve introdução eis que fui interpelado pelo meu amigo Chinês, isso mesmo aquele que escrevo e que deu a volta por cima, apesar da preguiça intelectual no que tange a leitura ele é bem astuto no quesito empreendedor, porém nada no investidor, até por que não possui patrimônio, mas acredito que aos poucos ele também apreenderá algo. Mas ai que entra minha falta de paciência.


Conversa:


Chinês – E ai parceiro, cara você que manja dos investimentos o que me diz dessa alta da bolsa, você ganhou muito dinheiro com isso?
 
Eu – Chinês como já lhe disse anteriormente, não é bem assim que se ganha dinheiro, tenho uma carteira de longo prazo e dessa forma não ganhei nada, pois não vendi nada. Tive sim uma valorizada na carteira, mas não realizei lucro.

Chinês- Entendi, mas aqui o que me diz da Magazine Luiza, você que é investidor ganhou dinheiro com ela né?

Eu – Não cara, nunca analisei ela , pois não me chama atenção o tipo de negócio e historicamente empresas desse ramo não se dão bem, apesar da super alta que teve.

Chinês – Mas então indica ai o melhor investimento em ações que mais ganha juros compostos.

Aqui eu comecei a apelar mentalmente, mas tentei pela centésima vez explicar com calma.


Eu – Cara não existe isso, ninguém sabe qual se soubesse ficava rico, ou tem gente que sabe e não fala e ainda o que você perguntou não tem sentido, juros compostos são uma coisa ações são outras.

Chinês – Entendi, beleza. 





Mudamos de assunto e senti que ele imaginou que sou um total ignorante em investimentos (o que realmente sou), pois eu não tenho Magazine nem falei com ele o melhor papel com juros compostos. Que porra de investidor que eu sou?


Aos poucos estou mudando o pensamento dele no sentido de ser mais frugal e econômico até por que já passou dos 35 e nada tem a não ser seus negócios que geram uma boa renda, porém é consumida em sua totalidade ao longo do mês, somente com seu estilo de vida.


Não sou uma pessoa má, mas sou meio como o Bastter. Tem horas que dá vontade de falar com o cara, Você é burro? Sai daqui e não conversa comigo!


Não por ele não saber e sim por que ele não grava o que já falei anteriormente e sequer leu ou viu vídeos que recomendei. Ai depois quer tudo mastigado e ficar perguntando coisas sem nexo algum.


Poxa eu aprendo com você que está lendo, nós juntos formamos isso aqui e evoluímos com nosso esforço e dedicação. Não tem como da noite para o dia ensinarmos tudo que sabemos, dá sim para darmos o norte e tão somente isso.


E vocês sofrem com isso também?


terça-feira, 12 de março de 2019

Realizei mais um sonho esse ano! Você também o fez?




Às vezes é importante fazer o que se tem vontade. Não é mesmo pessoal.


Então já falei há uns 2 anos atrás que já tive uma moto esportiva 600cc, porém era “naked”, para quem não sabe o significado é segundo Wikipédia:


“As naked ("nuas"), são motos que têm bom desempenho (algumas de alta cilindrada) em relação ao motor e conjunto mecânico, mas modificadas para permitir uma posição de pilotagem menos deitado, e mais sentado, melhorando o conforto para condução em vias urbanas, com guidão mais alto do que nas esportivas, porém não possuem carenagem (que são caras e frequentemente são danificadas quando na condução em vias de muito tráfego).


As mais populares no Brasil são Hornet, XJ6, Fazer 600, Bandit, entre outras.







Lembro que vendi a moto e o carro na época para poder quitar um empréstimo que tinha feito para construir minha casa e que de quebra também tinha ajudado a comprar a moto que sempre foi um sonho.


Apesar de conseguir realiza-lo eu não fiquei tão empolgado na época já que desde 19 anos sempre faço negócios com veículos, ou seja, compro e vendo com certa frequência, no entanto, não deixou de ser uma conquista.


Quando comecei a andar nela me sentia empolgado e logo fiz parte de um grupo de motociclistas da minha região, todos gostavam de motos de alta cilindrada e saímos juntos alguns finais de semana.


Depois de um tempo acredito que uns 8 meses vendi e quitei o empréstimo, sem rancor sem tristeza apenas o fiz, pois era o certo a fazer já que se aproximava o fim do ano e com ele os impostos.


Acontece que no primeiro semestre do ano passado surgiu a oportunidade de comprar outra moto “grade” dessa vez uma carenada e por um preço bem abaixo do mercado já que o vendedor pegou ela na troca de um terreno e não tinha interesse em ficar. Fiz contato com ele e comprei abaixo de R$5.500,00 de valor de mercado.


A moto estava impecável apenas com 16.000km e rodei nela por uns 5 meses até decidir vender novamente. Vendi rápido nem sei o motivo. Só me deu na cabeça vendê-la e foi apenas por R$500,00 a mais do que eu paguei, ou seja, não lucrei nem perdi, mas curti a moto pra caralho.


Eis que me pego em casa pensando esses dias o porquê de ter vendido a motoca já que eu curto muito e é uma coisa que me faz bem. Além disso estou novo e com patrimônio legal. Seguramente alcançarei o milho antes dos 40.


Dessa forma não hesitei e comecei a garimpar algum vendedor que estivesse morrendo para eu terminar de “matar”, no sentido catireiro de ser.


Foi então que comprei o novo veículo também carenado e esportivo como deve ser. Abaixo uma foto do modelo, não divulgarei a cor exata nem o ano para evitar tumultos.







O fato é que para quem é apaixonado por motos esportivas esse modelo é o ideal já que une potência e estilo. Adoro a reação das pessoas quando passo na rua “exatamente quem não gosta de massagear o ego? ” Não serei hipócrita de dizer que não ligo quando passo na rua devagar e todos ficam admirados, para quem é solteiro então é uma mão na roda.


A mensagem de hoje é para curtir o que tem vontade dentro das possibilidades. Fiz e refiz vários cálculos e cheguei à conclusão que o valor da moto ao longo prazo não impactaria tão positivamente o meu objetivo, seria coisa de 6 ou 7 meses de vantagem para usufruir daqui a 7 anos talvez, então preferi curtir agora esse sonho e esperar mais 7 meses no futuro para alcançar minha meta.



Lembrando que não peguei dinheiro de investimento e sim da conta que tenho dos meus negócios, online e loja física.


Aos que tem medo e falam que é loucura, digo o seguinte: é sim, a vida por si só é um risco. Porém sou prudente e motociclista há 13 anos, tenho consciência dos riscos e evito perigos.


Essa ou a próxima semana vou fazer um post de como ganhar um dinheiro com investimentos que todos aqui sabem, mas acredito que poucos testaram de cara você já ganha R$50,00 chegando ao infinito se quiser.
 


Você ultimamente também realizou um sonho ou deseja realizar um? Deixe nos comentários!



Fiquem na paz de Deus.