segunda-feira, 3 de julho de 2017

Casal “rico” pede socorro ao Lawyer.




Fala pessoal estou aqui refletindo sobre os acontecimentos da vida e resolvi escrever um post sobre um casal de amigos da onça que está passando por uma época difícil, porém não perderam a pose.


Estava eu deitado na cama assistindo um novo episódio de “Prison Break”, quando a onça me chama no zap perguntando se poderia me ligar (sim ela sabe que não pode ir me ligando de uma vez, recomendei que me avisasse antes pelo aplicativo, homem que dita às regras).


Dessa forma assenti que poderia e então o celular tocou. Para resumir a história ela queria saber qual o valor do grama do ouro. Surpreso pela indagação, após informá-la perguntei o motivo. Foi ai que ela me explicou que tinha um casal de amigos que estavam passando por dificuldades financeiras e querendo vender um par de alianças. Em um primeiro momento fiquei comovido, pois as alianças no matrimônio tem um peso fundamental e mesmo com experiência no ramo do ouro nunca presenciei qualquer casal tomar essa atitude a não ser em casos de termino ou morte de um dos cônjuges.


Ao me aprofundar no caso com certa benevolência a onça foi me explicando como o casal chegou a esse nível.


Segundo ela o marido tinha um emprego em uma mineradora e ganhava muito bem, na casa dos 15k e a esposa fazia alguns trabalhos esporádicos na academia chique do bairro chique em que moravam, como personal. Eles possuíam um apartamento muito confortável em um bairro um pouco mais afastado, porém muito bom, do nível do que eu moro, digamos que classe média média (se é que isso exista).


Contudo eles não aceitaram morar nesse apartamento próprio e quitado que foi de herança do marido, pois o bairro chique era mais do nível deles. Assim alugaram uma cobertura pelo valor de 2,5k e o apartamento próprio por 1k. Afinal estavam na bonança e quem se importa em pagar do bolso 1,5k a mais só pra dizer o nome rebuscado do bairro em rodas de amigos e familiares numa social no fim da tarde de domingo no churrasco na casa da sogra - ufa.


Não entrei em muitos detalhes até por que não era do meu interesse, mas segundo soube eles realizavam viagens periódicas e iam a espaços e restaurantes elegantes. Aqui onde moro uma renda de 15k faz miséria então realmente acredito que esses dois se esbaldavam. Acontece que o marido pegou a patroa dele com uma criança em idade escolar e a assumiu como se do seu esperma fosse. A escola que o garoto estuda (isso mesmo ainda estuda, mesmo devendo tudo) custa na casa de 1,2k, isso porque é o ensino fundamental.


Carro deles é um SUV na casa dos 90k. Roupas só compradas nas lojas dos amigos e todas de grife. Academia acredito que não pagavam, pois a mulher é personal e deve ter entrada franca, mas posso dizer que a mensalidade de um pacote pé de chinelo lá não sai por menos que R$500,00 por casal.


A onça acrescentou ainda que patriarca da família tinha perdido o emprego há cerca de 8 meses e desde então não encontrou outro desse nível. Estava até o presente momento vivendo com o dinheiro do seguro desemprego e acerto da empresa. Acontece que o dinheiro acabou rapidamente acredito que nos 3 primeiros meses, pois assim que foi demitido decidiram viajar para descansar, era merecido já que trabalhou tanto e quase nunca aproveitava a vida, kkkk. Ao chegar e ver que não conseguiram voltar ao mercado e as contas chegando o gênio teve uma ótima ideia. Iria vender parte de outro apartamento que possuía de herança para a irmã que morava nele, ou seja, sua parte de 50%, por um valor bem abaixo, o que imaginou ser suficiente até sua realocação no mercado. Ledo engano, vendeu, recebeu, gastou e quebrou novamente nos outros 5 meses que se seguiram.




Detalhe é que ambos não admitem devolver o apartamento em que moram atualmente e pediram dinheiro emprestado até para uma irmã do casal que custeou o aluguel do mês que passou. Além das despesas com o filho. O cartão de crédito nem isso deve ter mais, devido ao volume de gastos que foi realizado com ele.


Ai que eu entro, como eles foram à Caixa Econômica Federal com o objetivo de empenhar as alianças, acharam que o valor ofertado foi muito abaixo do que pagaram na época e assim perguntaram a onça se eu comprava, pois já me viram usando muito ouro. Na hora eu ri por dentro e respondi que comprava sim, porém ofertei apenas R$10,00 a mais em cada grama de ouro da oferta feita pela CEF. Pessoal já estava morto mesmo, ia terminar de enterrar.


Até agora não contataram e nem acredito que o farão, pois irão preferir vender pra outro desconhecido ou mesmo para CEF do que passar a vergonha de aceitar a oferta de um pé rapado como eu (kkkkkkkkkk) que tenho mais dinheiro investido do que eles um dia tiveram no banco.


Mas é isso ai galera, a crise pegou a nata da sociedade aqui, e eu racho.  



30 comentários:

  1. É por estas e outras que eu mantenho meu padrão de vida baixo, simples, e bom. E mantenho sempre a onda de poupar.

    Este casal esta todo errado ... E agora pagará o preço da falta de planejamento e poupança.

    15K, quem me dera ganhar 15K de salário!

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala VDC você por aqui esse horário kkkkk.

      Tá botando mesmo o plano da vida mansa no serviço em pratica heim.

      Vlw.

      Excluir
    2. Kkkk, como diz akele menino do meme: Acertooo mizeraviii kkkk

      flww manolo

      Excluir
  2. É, pelo jeito a nata da sociedade tá azedando! hahahahah

    ResponderExcluir
  3. Muito bom ler esse post. Valeu cada risada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado anon, mas acho que não era pra ser cômico, kkk.

      Excluir
  4. tenso,isso mostra que mesmo a pessoa tendo muito dinheiro ou ganhando bem a maioria ainda é pobre na questao de educaçao financeira,paycheck to paycheck...

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHAHHA. Esses posts são os melhores!

    O foda é que todo mundo adora dar vários passos para que acham para frentes (maiores até que as pernas),
    mas abrir mão das coisas? Nunca! HAHAHHAHA

    O certo para "resolver" essa situação seria:

    - Vender o SUV de 90k. Se precisar muito de carro, pegar um semi novo de no máximo 30k.
    - Voltar para o apartamento que estava alugado por 1k.
    - Trocar a escola do filho. O melhor caso seria uma escola pública, mas vão dizer que é judiar. De qualquer forma, algo entre 600-800 reais.
    - Pelo que eu vi, apenas o homem ta procurando se reposicionar no mercado de trabalho. Tem que ser os dois, marido e mulher procurando emprego. A mulher consegue qualquer coisa ai que paga 1000 reais, basta querer. Já o cara tem que abrir mão que tinha um emprego ótimo e aceitar uns salários mais baixos (50% - 7.5k)
    - Se ambos trabalharem e receberem seus vales refeições, põe para vende-los e levar marmita para o trabalho. Para isso, basta por mais água no feijão e meia xícara a mais de arroz. Mistura? Frango. Sempre frango.
    - Liga para a NET, Vivo, o caralho4 e cancela a merda da TV. O esquema é TV aberta com sinal digital e Netflix.
    - Restaurantes? HAHA. Pizza meia mussarela e meia calabresa na sexta ou no sábado e só. (Refri é Dolly)

    Abs.

    Astro



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. " Se ambos trabalharem e receberem seus vales refeições, põe para vende-los e levar marmita para o trabalho."
      Kkkkkk ri alto aqui velho.

      Do nível que o casal é acredito que a mulher larga ele se isso acontecer e ele por sua vez pula da corda.kkk

      Excluir
    2. HAHAHAHA.

      Concordo. Ela largará o cara e estará novamente na pista com o filhinho esperando quem vai ser o próximo que vai assumir. HAHAHHAHA

      Enquanto isso não ocorre, certeza que o maridão já ganho o apelido de Jaki e toda hora a mulher chega nele (que ta vendo tv, coçando a barriga) - "Jaki você não ta fazendo nada poderia fazer X? Jaki que você não arruma um emprego, poderia fazer y?" HAHAHA

      Excluir
    3. Vida para os outros dá nisso, focados em rede social. Sempre fala com amigos, não tenham rede social isso acaba com todo mundo. Já exclui minha conta há séculos e depois disso minha vida acredito que ficou menos banalizada.

      Excluir
    4. Meu deus, mas o que eles têm de burro, eles têm de burro!

      O comentário do amigo ali me lembrou essa triste notícia: https://oglobo.globo.com/rio/em-carta-homem-que-matou-familia-diz-que-estava-sem-recursos-20010349

      Excluir
    5. Nossa...pesado esse caso ai.

      Mas pela história ele não tinha perdido o emprego ainda:

      “E nos últimos dias passei a ser menos envolvido ou copiado (...) nos e-mails dos projetos que estão rolando. Pode ser cisma minha, mas parece já um sinal de que não me querem mais lá”.

      Isso possivelmente misturou uma coisa fatal: Problema no trabalho + Problemas em casa (e aqui vai até filhos, dinheiro, vizinho, família, marido/esposa, vida sexual)

      Eu digo isso pois, por exemplo, uma pessoa que ta com MUITOS problemas no trabalho, tenta procurar em casa um refúgio e fugir do sofrimento. Se não tem alguém que te espera em casa com amor, carinho paz...os problemas do trabalho aumentam, problemas de dinheiro aumentam e acaba ficando um ciclo vicioso.

      Eu posso ter sido cômico nos meus outros comentários, mas é sempre importante lembrar que DINHEIRO é uma coisa cruel e pode trazer desgraça sim e afetar o psicológico.

      Astro.

      Excluir
  6. Famosa inflação do padrão de vida. Nego perde tudo mas não perde a pose.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o post. hahaha
    Gente monga tem que se fuder mesmo. Quem me dera ter a sorte de ganhar um dia 15k de salário. PQP

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Cara, engraçado como tem gente que toma decisões tão estúpidas, se observar o lado financeiro da situação. O racional é ludibriado pelo ego, pela imagem perante a sociedade. Ninguém quer ser taxado de 'fracasso', isso aparentemente é pior que a falta de dinheiro em si, ou pelo menos é o que pessoas assim acham.

    ResponderExcluir
  9. Esta história é mais comum do que imaginamos. Não os detalhes em si, mas a essência. A soberba precede a queda.

    O que me deixa impressionado é o irracionalismo exuberante deste homem.

    Se você tomar as decisões financeiras jogando uma moeda para cima, escolhendo cara para sim e coroa para não, vai tomar decisões melhores do que este rapaz decidindo por si próprio.

    Data venia Dr, você não vai enterrá-lo. Dou um prazo de 6 meses para esta mulher pedir divórcio. Ela será a coveira.

    Abs

    ResponderExcluir
  10. Ola

    Criei um tutorial de como atualizar automaticamente o preço das acoes tanto dos EUA quanto do Brasil, confere ai:

    https://ricoxusa.blogspot.com.br/2017/07/cotacao-automatica-de-acoes-no-excel.html

    boa sorte!!

    ResponderExcluir
  11. A vida não perdoa, como já tem demostrado a eles. Melhor mudarem os estilo de vida antes que as coisas piorem, porque para priorar sempre dá.

    Abçs,

    Pirata.

    ResponderExcluir
  12. Esse povo gosta de um passivo né kkk.
    Carro de 90k, cobertura de 3k, pqp...

    Ai fica na merda não sabe pq

    ResponderExcluir
  13. Enquanto isso eu ganhando 2,2k e aportando 1,4k mensal. E graças a isso tenho até uma casa própria de 150m² de construção e 250m² de terreno.

    Tenho pouco investido, mas ta ali um pouquinho em CDB e LCI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está rico só de ter uma casa já passou a corrida dos ratos. Agora é só crescer o patrimônio.

      Excluir
  14. Ainda fico impressionado com este tipo de história, na minha visão deveria ser raro ocorrer porém o que mais vejo é isso.
    Quem ganha R$1000 gasta R$1200, quem ganha R$5000 gasta R$7000 e por ai vai, apenas para demonstrar um padrão que não possuí.
    Engana-se quem acha que só quem têm salário alto (>R$10k) vive como se não houvesse amanhã, é em todo canto isso.

    Enfim pelo menos agradeço esse tipo de pessoa, sem ele não haveria o movimento Pague meus Juros rs.

    Forte abraço Lawyer.

    ResponderExcluir