quinta-feira, 21 de março de 2019

Só eu que sou impaciente com os “novos” investidores?




Ultimamente tenho notado um volume incomum de pessoas que num piscar de mágica se sentiram atraídos pela bolsa e investimentos. 


O motivo suspeito que se deu pelo fato da bolsa ter superado os 100k pontos. Como foi um marco histórico e muito difundido pela mídia, acabou despertando o investidor adormecido dentro do corpo dos meus amigos. 


Não escondo para ninguém que invisto e quero parar de trabalhar aos 40, não tenho essa superstição que algumas pessoas tem de não contar os planos por que se o fizer, não realizarão. Não, nada disso! Meus planos, minhas metas e só quem pode ditar os limites sou eu. 


Nem por um momento imagino que fulano ou ciclano vai mentalizar tanto a minha derrota que não conseguirei alcança-la. Para mim é meio ilógico isso, como que pode uma pessoa só com o poder do querer modificar a vida da outra? Ajuda ai né. 


Pois bem, voltamos ao assunto. Espere, outro adendo que fez inflar o interesse dos amigos foi a Betina Rica, isso nem vou entrar no mérito ou Empiricus.


Outra coisa também não tenho medo de ser descoberto por amigos, pois eles não gostam ou não sabem ler, e mesmo se eu mostrasse o Blog para eles e falasse que era meu eles não iriam ler. Frases que passam de 5 palavras são imediatamente desconsideradas em seus cérebros.


Com essa breve introdução eis que fui interpelado pelo meu amigo Chinês, isso mesmo aquele que escrevo e que deu a volta por cima, apesar da preguiça intelectual no que tange a leitura ele é bem astuto no quesito empreendedor, porém nada no investidor, até por que não possui patrimônio, mas acredito que aos poucos ele também apreenderá algo. Mas ai que entra minha falta de paciência.


Conversa:


Chinês – E ai parceiro, cara você que manja dos investimentos o que me diz dessa alta da bolsa, você ganhou muito dinheiro com isso?
 
Eu – Chinês como já lhe disse anteriormente, não é bem assim que se ganha dinheiro, tenho uma carteira de longo prazo e dessa forma não ganhei nada, pois não vendi nada. Tive sim uma valorizada na carteira, mas não realizei lucro.

Chinês- Entendi, mas aqui o que me diz da Magazine Luiza, você que é investidor ganhou dinheiro com ela né?

Eu – Não cara, nunca analisei ela , pois não me chama atenção o tipo de negócio e historicamente empresas desse ramo não se dão bem, apesar da super alta que teve.

Chinês – Mas então indica ai o melhor investimento em ações que mais ganha juros compostos.

Aqui eu comecei a apelar mentalmente, mas tentei pela centésima vez explicar com calma.


Eu – Cara não existe isso, ninguém sabe qual se soubesse ficava rico, ou tem gente que sabe e não fala e ainda o que você perguntou não tem sentido, juros compostos são uma coisa ações são outras.

Chinês – Entendi, beleza. 





Mudamos de assunto e senti que ele imaginou que sou um total ignorante em investimentos (o que realmente sou), pois eu não tenho Magazine nem falei com ele o melhor papel com juros compostos. Que porra de investidor que eu sou?


Aos poucos estou mudando o pensamento dele no sentido de ser mais frugal e econômico até por que já passou dos 35 e nada tem a não ser seus negócios que geram uma boa renda, porém é consumida em sua totalidade ao longo do mês, somente com seu estilo de vida.


Não sou uma pessoa má, mas sou meio como o Bastter. Tem horas que dá vontade de falar com o cara, Você é burro? Sai daqui e não conversa comigo!


Não por ele não saber e sim por que ele não grava o que já falei anteriormente e sequer leu ou viu vídeos que recomendei. Ai depois quer tudo mastigado e ficar perguntando coisas sem nexo algum.


Poxa eu aprendo com você que está lendo, nós juntos formamos isso aqui e evoluímos com nosso esforço e dedicação. Não tem como da noite para o dia ensinarmos tudo que sabemos, dá sim para darmos o norte e tão somente isso.


E vocês sofrem com isso também?


18 comentários:

  1. Vou dar uma de baster também, já que você acha isso legal.

    Você é idiota? Segue essa baboseira de que só tem lucro/prejuízo quando vende? O que interessa é quanto tem hoje. Seguindo essa lógica torta, se você liquidar sua carteira hoje e recomprar amanhã, você terá a mesma quantidade de papéis e aí terá tido lucro. E terá praticamente a mesma coisa que teria se não tivesse vendido e recomprado. Entao qual a diferença?

    E que asneira é essa de que historicamente varejo não valoriza? LAME4, LREN3 são o que? Micos? Olha o gráfico histórico delas, seu retardado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo anônimo. Se minhas ações estão valorizadas mas não as vendi não tenho lucro algum. Cadê o dinheiro no meu bolso?
      E se for seguir seu exemplo, se eu liquidar minha carteira hoje, eu tive lucro hoje. Mas se amanhã eu recomprar as mesmas ações, estou torrando esse lucro na nova compra.
      Enfim, só considero lucro o dinheiro que entra no meu bolso, como por exemplo os dividendos.

      Excluir
    2. Investidor do sertão, veja bem sua lógica.

      Comprei o papel por 100 e hoje está 200. Não tive lucro pois não vendi. Aí resolvi vender ele por 200. Ok, tive lucro. No dia seguinte, compro ele novamente por 200. Se ele cair pra 100, não tive prejuízo porque não vendi.

      Muito massa esse raciocínio. Não tem nem mais motivo de fazer fechamento mensal e de acompanhar a carteira. A única coisa que conta é o valor de compra pra declaração de IR então...

      Excluir
  2. No meu trabalho nem tem isso. Se 5% investirem em tesouro direto é muito. O resto, quando nao tem dívidas, deixa tudo na poupança.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Gari, acredito que nem 5% saibam explicar o que seja TD.

      Excluir
  3. Olá LI,
    Estou um passo a frente nessa questão (não quero dizer que sou mais evoluído), e ao invés de ficar sem paciência com esse tipo de abordagem, hoje em dia eu me divirto.
    Digo que sim, que tenho MGLU, que foi minha maior posição e que por isso hoje trabalho por hobby. Quando perguntam sobre que ações comprar, só cito as que estão em RJ. Faça esse teste e verás que fica beeeem mais divertido.

    ResponderExcluir
  4. Por que tem gente que fica falando pra mim financiar apartamento? O que acha disso?

    Tem que mandar ir a merda mesmo. Familiares e até pessoas no trabalho.

    Isso quando não falam pra comprar carro de 30 mil, são uns drogados mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que tenho um pouco de paciência com esse tipo de povo. Em todos os aspectos , gosto de dar conselhos.

    Aproveitando , adciona meu blog no seu roll, fiz o mesmo

    http://peaoplayboy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá LI,
    Esses dias fiz uma pergunta no grupo de WhatsApp, cujo grupo é da turma de graduação. Perguntei: alguém investe na bolsa de valores? Do grupo, apenas eu invisto.
    "E Lima, e teima, e sofre e sua"...
    Castro Alves



    ResponderExcluir
  7. Lawyer, penso a mesma coisa. Mas tenho notado que tenho ficado impaciente, pois a galera no meu trabalho acha que vivo abaixo da linha da pobreza pq ocupo um cargo de certa liderança e não gozo das benesses financeiras deste. Confesso que isso tem me incomodando e agora penso 10x em falar qualquer coisa da minha vida para os "colegas" de trabalho.

    Mercante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa cara eu já percebi demais isso, ainda tem amigo meu que me chama de muquirana sendo que gasto mais que o puto do cara, kkkk.

      Excluir
  8. Já fui muito entusiasmado em espalhar a palavra do bem estar financeiro, mas hoje em dia já não tenho vontade alguma, parece que e tudo em vão, as pessoas não aprendem nada! ficam feliz em viver na ignorância.

    ResponderExcluir
  9. Eu entendo tua impaciência, mas acho que é assim mesmo que as coisas são. A gente não aprende nada além daquilo que QUEREMOS ver; tipo, o Chinês parece que estava querendo ver apenas um meio fácil e rápido de ficar rico... e só ouviu isso no que você falou. Cada um tem seu tempo e sua história, e não adianta a gente oferecer pérolas, muitas vezes não é o que as pessoas estão buscando naquele momento. Pelo menos foi assim comigo: algumas pessoas até falavam em investimentos e tal, mas eu nunca dei bola... até que "acordei" pra coisa, e então tudo isso adquiriu um novo sentido. Por essas e outras, eu também não falo muita coisa. Não por medo de "mau olhado", mas simplesmente porque é perda de tempo. Se eu vejo que a pessoa quer mesmo, até ajudo - um pouco; pq sei que ela inclusive vai valorizar mais o que descobrir se sentir que foi ELA quem construiu esse conhecimento...

    ResponderExcluir
  10. Estava a procura de financiar apartamento. Obrigada pelas informações!

    ResponderExcluir